Provavelmente a resposta é: sim, tem patrimônio intangível. E arrisco dizer isso mesmo sem saber qual o seu negócio.

Primeiro, vamos a uma breve definição do que seria o patrimônio intangível de uma empresa.

Ativos intangíveis são incorpóreos representados por bens e direitos associados a uma organização. Independentemente de estarem contabilizados possuem valor e podem agregar vantagens competitivas, tal como é o caso de uma marca” (HOSS, 2010).

Muitas vezes desprezado (ou por falta de conhecimento, esquecido) o patrimônio intangível tem sido e será o maior diferencial competitivo.

Assim, é essencial estar atento à sua proteção.

Para dar um exemplo, vou falar do maior mercado mundial, os EUA.

Uma pesquisa apontou que no ano de 1975 apenas 17% do patrimônio das empresas correspondiam aos intangíveis.

Porém, em 2015 esse percentual aumentou para 87%.

Exemplos de patrimônio intangível:
– marcas;
– métodos de trabalho;
– licenças;
– patentes;
– direitos autorais;
– know-how;
– softwares.

Portanto, pense bem em seu negócio, sua estratégia de crescimento, e busque proteger e projetar seu ativo intangível de maneira segura e rentável.

Posts Recomendados